23 de Fevereiro de 2018
Brasil

BASF mostra como conduzir uma lavoura para obtenção de altas produtividades durante a Abertura Oficial da Colheita do Arroz

  • As soluções BASF foram utilizadas no manejo da área de arroz a ser colhida no evento
  • Sistema Clearfield® oferece mais rentabilidade por área colhida com lavouras de melhor qualidade e mais produtivas

 A BASF estará presente na 28ª edição da Abertura Oficial da Colheita de Arroz, que ocorre entre os dias 21 e 23 de fevereiro no município de Cachoeirinha (RS). O evento, realizado pela Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), tem como objetivo compartilhar informações de qualidade como tendências de mercado e safra, além de mostrar as novidades tecnológicas aos agricultores.

Pelo segundo ano consecutivo será demonstrado os benefícios da rotação do cultivo da soja com o arroz em áreas de várzea, uma tendência no setor. Essa prática, iniciada e utilizada pelos arrozeiros nos últimos anos já está consolidada e, além de ser uma alternativa de renda, também contribui para o manejo de resistência de plantas daninhas.

Todos os tratos culturais na área de arroz que será colhida durante o evento foram feitos com as soluções da oferta BASF. Destaque para o Sistema de Produção Clearfield®, tecnologia desenvolvida em parceria com o Instituto Rio Grandense do Arroz (IRGA), para o controle do arroz vermelho e outras importantes plantas daninhas. O Sistema de Produção combina a cultivar IRGA 424 CL com a utilização dos herbicidas Only® e Kifix®.

“O Clearfield® permite que o produtor otimize seus recursos e melhore a qualidade e produtividade das lavouras. Sem essa tecnologia, certamente grandes áreas de arroz estariam inviabilizadas devido a ocorrência do arroz vermelho, uma das principais plantas daninhas do cultivo e que pode causar perdas de até 1 milhão de toneladas de grãos”, afirma Vitor Bernardes, gerente de Marketing Arroz da BASF.

O Sistema Clearfield® tem gerado resultados positivos nas lavouras de arroz. A tecnologia da BASF permitiu que nos últimos 15 anos os agricultores do Rio Grande do Sul, maior produtor brasileiro de arroz, passassem de uma produtividade média de 5 para aproximadamente 8 mil kg/ha.

Atualmente, mais de 80% das áreas de arroz no Brasil utilizam o Sistema de Produção Clearfield®. Para ter mais eficiência e assegurar a sustentabilidade da produção, a BASF recomenda o uso de sementes certificadas, a rotação de cultivos e a adoção do Programa de Monitoramento nas lavouras, bem como o uso planejado da tecnologia Clearfield®.

Segurança Alimentar

No dia 21 de fevereiro, às 14 horas, Roberto Araújo, gerente de Comunicação, Marketing Digital e Sustentabilidade da BASF para a América Latina, participará do painel “Manejo Responsável de Defensivos – Uma Abordagem de Segurança Alimentar e Garantia de Mercado”.

“Somente no setor agro, a BASF investe todo o ano mais de 500 milhões de euros em pesquisa e desenvolvimento de soluções que tragam benefícios e segurança ao produtor, meio ambiente e consumidores. Isso reforça o comprometimento da empresa com a agricultura e com um futuro mais sustentável”, destaca Roberto Araújo.

Sobre 28ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz

Onde: Estação Experimental do Arroz - IRGA | Rua Bonifácio Carvalho Bernardes, 1494 - Vila Carlos Antonio Wilkens | Cachoeirinha

Data: 21 a 23 de fevereiro de 2018

Website: http://www.federarroz.com.br/colheita/

 

Prezado jornalista, favor contatar a BASF, por meio de sua área da Comunicação Corporativa, em caso de informações sobre os produtos e sua correta aplicação. Uso exclusivamente agrícola. Aplique somente as doses recomendadas. Descarte corretamente as embalagens e restos de produtos. Incluir outros métodos de controle do programa do Manejo Integrado de Pragas (MIP) quando disponíveis e apropriados. Os produtos mencionados estão devidamente registrados no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento sob os números: Kifix® nº 07907 e Only® nº 05203

Sobre a Divisão de Proteção de Cultivos da BASF

Com uma população em rápido crescimento, o mundo está cada vez mais dependente da nossa capacidade de desenvolver e manter uma agricultura sustentável e ambientes saudáveis. A divisão de Proteção de Cultivos da BASF trabalha com agricultores, profissionais agrícolas e especialistas em manejo de pragas para ajudar a tornar isso possível. Com a cooperação desses parceiros, a BASF é capaz de sustentar um robusto pipeline de P&D, um portfólio inovador de produtos e serviços e equipes de peritos no laboratório e em campo para apoiar nossos clientes no sucesso dos seus negócios. Em 2016, a divisão de Proteção de Cultivos da BASF gerou vendas de mais de € 5,6 bilhões. Para obter mais informações, visite-nos em www.agro.basf.com ou por meio de nossos canais de mídias sociais.

Sobre a BASF

Na BASF, nós transformamos a química para um futuro sustentável. Nós combinamos o sucesso econômico com a proteção ambiental e responsabilidade social. O Grupo BASF conta com aproximadamente 114 mil colaboradores que trabalham para contribuir com o sucesso de nossos clientes em quase todos os setores e países do mundo. Nosso portfólio é organizado em 5 segmentos: Químicos, Produtos de Performance, Materiais e Soluções Funcionais, Soluções para Agricultura e Petróleo e Gás. A BASF gerou vendas de mais de € 58 bilhões em 2016. As ações da BASF são comercializadas no mercado de ações de Frankfurt (BAS), Londres (BFA) e Zurich (AN). Para mais informações, acesse: www.basf.com.br.

Last Update 23 de Fevereiro de 2018