TOP
13 de Março de 2018
Brasil

BASF auxilia o agricultor no controle da ramulária no Algodão

Segundo dados da Conab, os bons preços do algodão no mercado externo têm estimulado os produtores a aumentar a área de plantio. Por isso, para assegurar uma boa produtividade e qualidade de fibras, o agricultor deve estar atento a alguns fatores que podem influenciar a rentabilidade nesta safra, como o clima e a realização do manejo preventivo de pragas e doenças.

Entre as principais doenças que podem impactar no desenvolvimento das lavouras de algodão, a ramulária é considerada uma das mais importantes e severas do cultivo. A doença pode comprometer até 30% da produtividade caso o manejo não seja feito corretamente.

A incidência do fungo é mais favorável em condições de alta umidade. Os sintomas manifestam-se nos dois lados da folha e apresentam lesões de formato irregular e coloração branca. Em casos mais severos pode ocorrer a desfolha precoce nas plantas, provocando a queda prematura e comprometendo a produção e a perda de qualidade da fibra.

“Uma das principais estratégias de manejo da ramulária é fazer o controle químico preventivo ou assim que surgirem os primeiros sintomas da doença. Nesse sentido,  a  BASF oferece um portfolio completo com destaque para os fungicidas Opera® Ultra, Orkestra® SC e Caramba® 90. Essas soluções combinam múltiplos mecanismos de ação para o controle da doença, resultando em uma lavoura com alta sanidade e maior potencial produtivo", comenta Luiz Fernando Straioto, gerente de Marketing de Algodão da BASF.

 

Se você quiser saber mais informações e tirar dúvidas com especialistas acesse o Blog Agro BASF (http://www.blogagrobasf.com.br/). O novo canal da empresa traz conteúdos técnicos e didáticos em uma plataforma intuitiva, abordando temas como pragas, doenças, plantas daninhas e agrometeorologia em diferentes cultivos.  Os materiais produzidos são totalmente gratuitos e contam com a colaboração de 5 especialistas, além de diversos estudantes de pós-graduação da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” da USP.

Prezado jornalista, favor contatar a BASF, por meio de sua área da Comunicação Corporativa, em caso de informações sobre os produtos e sua correta aplicação.

Uso exclusivamente agrícola. Aplique somente as doses recomendadas. Descarte corretamente as embalagens e restos de produtos. Incluir outros métodos de controle do programa do Manejo Integrado de Pragas (MIP) quando disponíveis e apropriados. Opera® Ultra, Orkestra® SC e Caramba® 90 estão devidamente registrados no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento sob os números 9310, 08813 e 01601.

Sobre a Divisão de Proteção de Cultivos da BASF

Com uma população em rápido crescimento, o mundo está cada vez mais dependente da nossa capacidade de desenvolver e manter uma agricultura sustentável e ambientes saudáveis. A divisão de Proteção de Cultivos da BASF trabalha com agricultores, profissionais agrícolas e especialistas em manejo de pragas para ajudar a tornar isso possível. Com a cooperação desses parceiros, a BASF é capaz de sustentar um robusto pipeline de P&D, um portfólio inovador de produtos e serviços e equipes de peritos no laboratório e em campo para apoiar nossos clientes no sucesso dos seus negócios. Em 2016, a divisão de Proteção de Cultivos da BASF gerou vendas de mais de € 5,6 bilhões. Para obter mais informações, visite-nos em www.agro.basf.com ou por meio de nossos canais de mídias sociais.

Sobre a BASF

Na BASF, nós transformamos a química para um futuro sustentável. Nós combinamos o sucesso econômico com a proteção ambiental e responsabilidade social. O Grupo BASF conta com aproximadamente 114 mil colaboradores que trabalham para contribuir com o sucesso de nossos clientes em quase todos os setores e países do mundo. Nosso portfólio é organizado em 5 segmentos: Químicos, Produtos de Performance, Materiais e Soluções Funcionais, Soluções para Agricultura e Petróleo e Gás. A BASF gerou vendas de mais de € 58 bilhões em 2016. As ações da BASF são comercializadas no mercado de ações de Frankfurt (BAS), Londres (BFA) e Zurich (AN). Para mais informações, acesse: www.basf.com.br.

 

Last Update 26 de Novembro de 2018