TOP
24 de Outubro de 2017
Brasil

Vendas e lucros da BASF crescem significativamente no terceiro trimestre de 2017

3º trimestre de 2017:

  • Vendas de €15,3bilhões (acréscimo de 9%)
  • EBIT antes dos itens extraordinários de €1,8bilhão (acréscimo de 16%)
  • Lucro por ação de €1,45 (acréscimo de 49%), lucro por ação ajustado de €1,40 (acréscimo de 27%)
  • Ganhos em espécie advindos de atividades operacionais de  €3,8bilhões (acréscimo de 52%), fluxo de caixa livre de €2,8bilhões

Panorama para 2017:

  • BASF mantem a previsão de crescimento significativo das vendas, do EBIT antes dos itens extraordinários e do EBIT

O Grupo BASF registrou um crescimento significativo nas vendas e nos lucros no terceiro trimestre de 2017. "O crescimento positivo da demanda continuou no terceiro trimestre de 2017. Alcançamos um sólido crescimento no volume, mesmo em comparação com o excelente trimestre do ano anterior”, comentou o Dr. Kurt Bock, Presidente da Junta Diretiva da BASF SE.

As vendas do Grupo BASF aumentaram em 9%, ao compararmos com o trimestre do ano anterior, indo para €15,3 bilhões. Tal resultado foi fruto principalmente da evolução dos volumes e dos preços de venda mais altos no segmento de Químicos. A aquisição do negócio da Chemetall, em dezembro de 2016, também alavancou as vendas. Todos os segmentos registraram um leve impacto negativo devido aos efeitos cambiais.

Os lucros operacionais, antes dos itens extraordinários (EBIT), apresentaram um aumento considerável, €244milhões, decorrente da contribuição do segmento de Químicos, indo para €1,8 bilhão.A BASF registrou um leve declínio no EBIT antes dos itens extraordinários, no segmento de Óleo e Gás, e um declínio considerável nos segmentos restantes e em Outros, resultado dos altos preços das matérias-primas. 

O EBIT do terceiro trimestre incluiu o valor líquido dos itens extraordinários de €198 milhões, após o valor de menos €52 milhões, comparado ao trimestre do ano anterior. O lucro adicional no segmento de Produtos de Performance, advindo da transferência do negócio de químicos para couro da BASF para o grupo Stahl, foi o grande contribuinte para tal resultado, levando ao aumento do EBIT de €1,5 bilhão para € 2bilhões.

Os lucros advindos das atividades operacionais antes de depreciação, amortização e itens extraordinários (EBITDA antes dos itens extraordinários) aumentaram em €303 milhões, ao compararmos com o mesmo trimestre do ano anterior, indo para €2,8bilhões e o EBITDA registrou um aumento de €570milhões, indo para a casa dos €3bilhões.

O lucro líquido cresceu em €448milhões, indo para €1,3bilhão. O lucro por ação foi de €1,45 no terceiro trimestre de 2017, ao passo que no mesmo trimestre do ano anterior, o valor foi de €0,97. O lucro por ação, ajustado para itens extraordinários e amortização de ativos intangíveis, foi de €1,40 (mesmo período em 2016: €1,10).

Nos primeiros três trimestres de 2017, os ganhos em espécie advindos das atividades operacionais aumentaram em €1,8bilhão, indo para €7,6bilhões, comparado ao mesmo período do ano anterior, ocasionado pelo aumento da receita líquida. O fluxo de caixa livre foi de €2,9bilhões para €5&bilhões nos primeiros nove meses de 2017.

Perspectiva para o ano de 2017

A BASF tem previsões um pouco mais otimistas para o cenário econômico de 2017 (previsão do Relatório Financeiro Semestral de 2017 entre parênteses):

  • Crescimento do Produto Interno Bruto: 2,8% (2,5%)
  •  Crescimento da produção industrial: 3,1% (2,5%)
  •   Crescimento na produção de químicos: 3,4% (3,4%)
  • Taxa média de câmbio entre o euro e dólar de $1,10 por euro
    ($1,10 por euro)

Preço médio do petróleo (Brent) de $ 50 dólares por barril($50 por barril)

“Esperamos que o EBIT antes dos itens extraordinários do Grupo BASF, no segundo semestre de 2017 supere de forma significativa o do segundo semestre de 2016,” disse Bock. “Com relação a nossa previsão de vendas, EBIT antes dos itens extraordinários e EBIT para o conjunto do ano 2017, nossa postura é a mesma: Esperamos um aumento significativo. O mesmo se aplica ao EBIT depois dos custos de capital, em que prevemos um ligeiro aumento. ”

Desenvolvimento dos segmentos

As vendas no segmento de Químicos aumentaram em 25% quando comparadas ao mesmo trimestre de 2016, atingindo a casa dos quase €4bilhões, grande parte fruto do aumento significativo de preços em todas as divisões, especialmente em Monômeros. Houve também um aumento importante nos volumes de vendas. Os efeitos cambiais causaram um leve declínio nas vendas em todas as divisões. O EBIT antes dos itens extraordinários aumentou em mais de €600 milhões, indo para €1,1bilhão, principalmente dado às maiores margens nas divisões de Monômeros. O impacto negativo sobre os lucros no terceiro trimestre de 2017 causado pelo acidente ocorrido na zona do Porto Norte, na planta de Ludwigshafen, foi compensado pelo pagamento do seguro. Os custos fixos tiveram um leve aumento.

As vendas no segmento de Produtos de Performance aumentaram em 2%, ao comparamos com o terceiro trimestre de 2016, atingindo quase €4 bilhões, resultado do crescimento do volume em todas as divisões. Os preços de vendas foram compatíveis com os do mesmo período do ano anterior. Os aumentos de preços nas divisões de Dispersões & Pigmentos e Higiene Pessoal foram contrabalanceadas pelos declínios nos preços na divisão de Nutrição e Saúde. O crescimento nas vendas foi reduzido devido aos efeitos cambiais, principalmente do dólar americano e efeitos do portfólio. O EBIT antes dos itens extraordinários reduziu em €88 milhões, indo para €385 milhões. Tal fato foi resultado de uma queda maior nos preços das vitaminas em conjunto com as pressões nas margens em várias áreas de negócios devido ao maior preço das matérias-primas. O EBIT incluiu a renda adicional advinda da transferência do negócio de químicos para couro para o Grupo Stahl.

As vendas no segmento de Materiais e Soluções Funcionais tiveram um acréscimo de 7% comparado ao terceiro trimestre de 2016, totalizando cerca de €5 bilhões, fruto dos maiores preços e da aquisição do negócio Chemetall, em dezembro de 2016. Os volumes das vendas aumentaram em todas as divisões, com exceção de Catalisadores, em que a BASF verificou um declínio significativo dos volumes de comercialização de metais preciosos. Houve uma maior expansão dos volumes de vendas para as indústrias automotivas e de construção, ao comparamos com o terceiro trimestre de 2016. Os efeitos cambiais sobrecarregaram um pouco as vendas. Na casa dos €397 milhões, o EBIT antes dos itens extraordinários apresentou diminuição em €100 milhões no mesmo período do ano anterior. Os lucros foram reduzidos devido às baixas margens causadas pelo aumento dos preços das matérias-primas.

O segmento de Soluções para Agricultura registrou uma diminuição de 6%, em comparação ao terceiro trimestre de 2016, na casa de €987 milhões, ocasionado pelo declínio dos preços e volumes no Brasil. A evolução das vendas também foi impactada pela pressão adicional dos efeitos cambiais. A BASF conseguiu aumentar ligeiramente os volumes gerais. O EBIT antes dos itens extraordinários diminuiu em €76 milhões, indo para €21 milhões em decorrência da difícil situação do mercado no Brasil. Os lucros também sofreram um impacto negativo pelo fechamento das fábricas de produção em Beaumont, Texas, e Manatí, Porto Rico, causado pelos furacões. Os custos fixos foram equivalentes aos do mesmo período do ano anterior.

As vendas no segmento de Óleo e Gás subiram em 20%, do ano anterior para este, indo para €739 milhões às custas dos altos preços e volumes. O preço médio do barril de petróleo (Brent) crú no terceiro trimestre de 2017 foi de $52 (mesmo trimestre de 2016: $46). Os preços de gás nos principais mercados europeus também aumentaram do trimestre correspondente do ano passado para este. O crescimento dos volumes foi principalmente resultado dos maiores volumes de vendas de gás. Houve um leve aumento nos volumes de produção. O EBIT antes dos itens extraordinários diminuiu em €14 milhões, indo para €180 milhões. Os números do ano anterior incluíram o pagamento de indenizações por renegociações contratuais. A receita líquida cresceu consideravelmente, de €33 milhões para €139 milhões, resultado da renda adicional proveniente da venda de ações da concessão de uso de gás natural na Argentina.

Na casa dos €548 milhões, as vendas no segmento Outros, aumentaram em 2% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, principalmente devido a maiores vendas de serviços. O EBIT antes dos itens especiais apresentou um declínio de €92 milhões, indo para menos €325 milhões, sobretudo como uma consequência dos efeitos da valorização do programa de incentivos a longo prazo da BASF.

Sobre a BASF

Na BASF, nós transformamos a química para um futuro sustentável. Nós combinamos o sucesso econômico com a proteção ambiental e responsabilidade social. O Grupo BASF conta com aproximadamente 114 mil colaboradores que trabalham para contribuir com o sucesso de nossos clientes em quase todos os setores e países do mundo. Nosso portfólio é organizado em 5 segmentos: Químicos, Produtos de Performance, Materiais e Soluções Funcionais, Soluções para Agricultura e Petróleo e Gás. A BASF gerou vendas de mais de € 58 bilhões em 2016. As ações da BASF são comercializadas no mercado de ações de Frankfurt (BAS), Londres (BFA) e Zurich (AN). Para mais informações, acesse: www.basf.com.br.

Maiores informações poderão ser encontradas na internet nos seguintes endereços

Demonstrativo Financeiro Trimestral  (a partir das 7:00 da manhã CEST)
basf.com/quarterlystatement (Inglês)
basf.com/quartalsmitteilung (Alemão)
Informação de Imprensa (a partir das 7:00 da manhã CEST)
basf.com/pressrelease (Inglês)
basf.com/pressemitteilungen (Alemão)
Transmissão ao vivo (a partir das 9:00 da manhã CEST)
basf.com/pcon(Inglês)
basf.com/pressekonferenz (Alemão)
Discurso (a partir das 9:00CEST)
basf.com/pcon (Inglês)
basf.com/pressekonferenz(Alemão)
Transmissão ao vivo – Call com analistas e investidores (a partir das 11:00 da manhã CEST)
basf.com/share(Inglês)
basf.com/aktie(Alemão)
Fotos
basf.com/pressphotos(Inglês)
basf.com/pressefotos (Alemão)
Imagens de TV
tvservice.basf.com/en (Inglês)
tvservice.basf.com (Alemão)

Demonstrativos e previsões futuras

Este comunicado contém demonstrativos futuros, elaborados com base nas estimativas e projeções atuais da administração da BASF e em informações disponíveis. Eles não são garantias de desempenho futuro, envolvem certos riscos e incertezas que são difíceis de prever e estão baseados em hipóteses sobre eventos futuros que podem não ser exatas. Tais fatores estão contidos da página 111 a 118 do Relatório de 2016 da BASF disponível em basf.com/report . A BASF não assume qualquer obrigação de atualizar os demonstrativos futuros contidos neste comunicado.

 

Last Update 24 de Outubro de 2017