TOP
Brasil

A ciência ao nosso redor

Deslizar pelas ruas em skates não é mais uma exclusividade para crianças e adolescentes. Com cerca de um metro de comprimento, os longboards oferecem espaço suficiente e estabilidade para aqueles que não dominam essa arte. Rodas largas de elastômeros de poliuretano com elasticidade proporcionam um bom contato com o solo e absorvem impactos das superfícies irregulares. E estas rodas podem se tornar uma ciência para os skatistas mais profissionais. As rodas de longboard de alta qualidade produzidas pela fabricante californiana AEND Industries, por exemplo, são moldadas partir de elastômeros de poliuretano. Este sistema de poliuretano combina resiliência, capacidade de suporte de carga mecânica e alta resistência à abrasão de uma maneira quase perfeita. O vídeo Resilient Riding Fun for Cool Cruisers apresenta a ciência por trás das confortáveis rodas de longboard.

Conhecidos por sua versatilidade, os elastômeros de poliuretano são a combinação de componentes selecionados que unem propriedades, de certa forma, contrastantes: as moléculas de MDI presentes no sistema de poliuretano normalmente age como o segmento duro no polímero, enquanto que o PolyTHF®, da BASF, é usado pelos especialistas californianos como o segmento macio para esta aplicação ambiciosa.

O PolyTHF® é conhecido pelo seu nome completo politetrahidrofurano especialmente pela sua utilização em fibras Spandex e elastano, que fazem com que as roupas esportivas e de lazer sejam confortáveis e elásticas. Suas boas propriedades mecânicas, mesmo sob temperaturas variáveis, também o tornam cada vez mais interessante para outras aplicações como, por exemplo, sapatos esportivos ou automóveis.

O processamento dos elastômeros de poliuretano é relativamente simples, permitindo ao fabricante oferecer uma ampla gama de rodas de diferentes tamanhos, larguras e resistências. Dessa forma, os adeptos do esporte podem encontrar as rodas que satisfaçam suas próprias necessidades.

Rodas diferentes, necessidades diversas

Não existem rodas que sejam perfeitas para todos os tipos de passeio. Cada skatista tem que encontrar as propriedades de acordo com suas demandas, tais como aderência e deslize. Iniciantes, que estão testando suas preferências, devem usar pranchas balanceadas com componentes ajustados por skatistas experientes.

Rodas menores podem ser aceleradas de forma mais rápida e freadas mais facilmente. Por outro lado, elas giram de forma menos constante ao percorrer grandes distâncias e os rolamentos aquecem mais rápido. Rodas mais largas permitem maiores velocidades finais e uma corrida mais estável. Em superfícies ásperas, as rodas mais largas são ainda mais estáveis, mas perdem um pouco de velocidade devido à maior fricção. Assim, quem quiser deslizar perfeitamente deve optar por rodas mais estreitas. O diâmetro das rodas de longboard possui entre 60 e 80 milímetros, enquanto que a largura da superfície de rolamento pode medir de 25 a 55 milímetros ou mais. É claro que o tamanho das rodas deve também corresponder à altura da prancha para evitar a temida wheelbite, quando a roda toca a prancha e para de girar.

Outra propriedade importante que depende diretamente elastômero de poliuretano usado é a dureza. Quanto maior o conteúdo dos segmentos duros do poliuretano em relação aos segmentos macios e elásticos de PolyTHF®, mais duro o material se torna. As rodas mais duras são um pouco mais estáveis e mais rápidas, mas apresentam um desempenho menor no asfalto quando comparadas com rodas mais macias. Como um guia, os fabricantes oferecem uma escala numérica (A) que vai de 78 A (macia) a 101 A (dura). As rodas de longboard mais confortáveis estão geralmente entre 78 e 90 A.

Material de fontes renováveis

A BASF oferece o PolyTHF® com base em recursos renováveis, desde o início de 2015. O produto de partida - 1,4-butanodiol (BDO) - é fabricado por um processo de fermentação de dextrose licenciado pela empresa californiana Genomatica.

Clientes da divisão de Intermediários da BASF, como a especialista em rodas AEND Industries, em Huntington Beach (EUA), podem testar o produto inovador e convencer-se de que a qualidade é comparável à do seu homólogo petroquímico. Já as empresas que preferem o sistema completo de poliuretano ao invés de adquirirem componentes individuais para a fabricação de suas rodas, também podem buscar o apoio da BASF. Nos EUA, os especialistas da divisão de Materiais de Performance oferecem elastômeros de poliuretano para moldagem (Elastocast®) feitos de três componentes (incluindo o PolyTHF®), que é utilizado, por exemplo, pela renomada Skate One em Santa Barbara. Seus produtos, tais como as rodas da marca Bones, são frequentemente decorados com um assustador crânio, talvez destinado a nos lembrar de desviarmos de riscos desnecessários e não andarmos de skate sem a proteção adequada.