TOP
Brasil

Inclusão de jovens no mercado automotivo

A BASF, por meio da Glasurit, sua marca de tintas automotiva, e a Fundação Forge, organização sem fins lucrativos da Argentina dedicada a facilitar o acesso de mão-de-obra de qualidade a jovens com recursos econômicos limitados na América Latina, são parcerias no projeto “Espaço Inclusivo”, que visa capacitar jovens para entrar no mercado de trabalho automotivo oferecendo cursos de pintura automotiva. 

Tudo começou em 2017, quando o programa “Treinamento e Trabalho”, da Fundação Forge, foi selecionado pelo edital Conectar para Transformar na Argentina. A iniciativa deu tão certo que depois do primeiro aporte o projeto começou a crescer e recebeu o nome de “Espaço Inclusivo”. “Na América do Sul, um em cada cinco jovens não estuda ou trabalha. Nesse contexto os cursos são uma oportunidade para que esses jovens se tornem mão de obra qualificada no setor de repintura automotiva, em que há escassez de especialistas”, comentou Pablo Provera, coordenador de Marketing da BASF na Argentina.

Este projeto ajuda a gerar oportunidades de emprego por meio de treinamento no comércio de repintura automotiva. Enquanto a BASF oferece aos jovens recém-formados de escolas secundárias da cidade de Tortuguitas e região metropolitana de Buenos Aires, a oportunidade de aprender um ofício com treinamento técnico e prático, a Fundação Forge acompanha o grupo e oferece um plano de desenvolvimento de habilidades e competências, para ajudá-los a se inserirem no mercado de trabalho.

“Os meninos que participaram do curso intensivo das oficinas da Glasurit são muito comprometidos em aprender o ofício. Para eles é uma grande oportunidade, pois experimentaram a operação de uma empresa pela primeira vez”, explica Marcelo Fernández, diretor da Fundação Forge Argentina.

Somente em 2019 a Glasurit treinou 24 jovens. Destes, 16 participantes receberam ferramentas teóricas e práticas de especialistas no Refinish Competence Center, um centro de treinamento para a marca de repintura automotiva na fábrica da BASF em Tortuguitas. Os oito restantes concluíram a capacitação em pintura, com um treinamento em Soldagem no novo Bodywork Competence Center, um centro de treinamento em chapas leves, também na fábrica da empresa.

Desta forma, o projeto Espaço Inclusivo, liderado pela Glasurit, contribui para o fomento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela ONU, garantindo educação inclusiva, equitativa e de qualidade, promovendo crescimento econômico sustentado e inclusivo e reduzindo a desigualdade dentro e entre países.

Faça download e confira case completo