TOP
Brasil

Desenvolvimento social e sustentável na Argentina

Na BASF são criadas química para um futuro sustentável combinando sucesso econômico com proteção ambiental e responsabilidade social. Nesse contexto, a estratégia de compromisso social da empresa prevê expandir o impacto positivo, conectando pessoas, organizações sociais, esfera pública e empresas, com objetivo de superar desafios sociais, sem perder de vista as oportunidades de negócios.

Assim, foi lançado o edital Conectar para Transformar, uma nova estratégia de compromisso social com foco em diferentes áreas de atuação: empregabilidade, educação ambiental e científica, proteção de recursos naturais e biodiversidade. Sua estratégia se concentra em dois pilares: valor compartilhado e cidadania corporativa, e já impactou mais de 410 mil pessoas entre 2016 e 2018.

Anualmente, a BASF realiza uma chamada pública para a seleção e apoio à projetos sociais e ambientais que possuem iniciativas de cidadania corporativa, para o edital Conectar para Transformar. Os projetos selecionados também contribuem para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), e abrangem uma visão ambiental, social e econômica. 

Em 2019, na Argentina, foram selecionadas as seguintes ações:

Programa Dínamo Libertate

Desde 2018, a empresa social Libertate apoia 14 iniciativas lideradas por pessoas com deficiência, oferecendo planos de trabalho personalizados, assistência técnica e monitoramento constante, sob a ótica do programa Dínamo. Em 2019 ele foi novamente escolhido pela BASF, por meio do edital Conectar para Transformar, para a conclusão da segunda etapa baseada em mentoria, que ajudará a amadurecer os projetos trabalhados em 2018, inserindo-os em alguma cadeia de valor.

"Por meio do programa Dínamo, promovemos e apoiamos o desenvolvimento de pessoas com deficiência, fornecendo assistência técnica e suporte personalizado. Valorizamos a contribuição e a abordagem inovadora da BASF para enfrentar este tema, promovendo o desenvolvimento de empreendimentos inclusivos na Argentina, incorporando em sua cadeia de valor pessoas com deficiência”, disse Gabriela Ferreiro, co-diretora do Libertate.

Foram realizados também dois eventos de relacionamento com empresas do Parque Industrial e do município de Malvinas Argentinas, reunindo atores dos setores público e privado, para gerar alianças e construir redes locais. No total, havia 100 empresários que trabalhavam lado a lado com os colaboradores da BASF, especialistas em marketing, engenharia industrial, design gráfico e terapia ocupacional. Essa iniciativa impactou indiretamente mais de 400 pessoas.

Exemplo de projeto ligado ao Dínamo é o Generación de Cambios, uma empresa de chocolates e confeitaria que fornece seus produtos para eventos da BASF. Ele possibilita um espaço inclusivo de trabalho à jovens com deficiência entre 26 e 45 anos que, na maioria das vezes, nunca haviam se inserido no mercado e, com esta oportunidade, começaram a adquirir hábitos profissionais como pontualidade, responsabilidade, concentração e trabalho em equipe.

“Esta oportunidade é, para a maioria deles, um estágio de aprendizado. Ele oferece autonomia ao colaborador, já que chegam por conta própria para trabalhar, seja por transporte público ou a pé. Além disso, para vários deles, esse é o único grupo social extra âmbito familiar, por isso é essencial criar um ambiente onde se sintam respeitados e úteis”, comentou Fabiana Lingeri, responsável pela Generación de Cambios.

Da aliança com a BASF, houve um aumento de quase 40% nas vendas do produto. Com esse incremento, a Generación de Cambios comprou mais insumos para produção e contratou dois novos funcionários. Os lucros são divididos igualmente entre empresa e colaboradores. 

Plantarse

Cerca de 20 jovens entre 18 e 24 anos, juntamente com outros 100 habitantes de San Martín, região metropolitana de Buenos Aires, foram capacitados e treinados para limpeza do viveiro municipal, com foco no sistema de jardinagem, irrigação e compostagem. Após isso sua aplicabilidade, as condições das estufas foram melhoradas, sendo possível a adição e integração de novas espécies no local.

Colaboradores da BASF também trabalharam como voluntários, produzindo pôsteres, folhetos e móveis com paletes reciclados, além de desenvolver, em conjunto com a Plantarse, um projeto de longo prazo que inclui o treinamento de jovens em questões de empreendedorismo baseadas em cuidados ambientais.

Fundación Proem

Este parceiro é uma organização sem fins lucrativos que busca inserir o jovem argentino no mercado de trabalho. No projeto escolhido pelo edital Conectar para Transformar, cerca de 60 jovens entre 18 e 25 anos foram capacitados por colaboradores da área de Recursos Humanos da BASF, na Argentina, para busca de emprego, montando seus currículos e realizando entrevistas simuladas. Além disso, fizeram um Curso de Teste e Programação de Software, com profissionais da área de informática e tecnologia. 

Faça download e confira o case completo