TOP
Brasil

Mais sabor e sustentabilidade

O conceito de produção Pingo Doce traz para o mercado brasileiro o cultivo sustentável de melancia, com alta qualidade e valor agregado. O produto leva modernidade e inovação para toda a cadeia de frutas, baseado num modelo de negócio que é sucesso na Espanha.

Este é o jeito E da BASF, que une produtividade e sustentabilidade. É assim que criamos química para um futuro sustentável e contribuímos para um mundo que ofereça mais qualidade de vida para todos.

A diferença entre a melancia obtida com o sistema Pingo Doce da Nunhems®, marca de sementes de frutas e hortaliças da BASF, e as demais começa no campo. O manejo exige uma série de práticas mais sustentáveis. Entre elas, a irrigação por gotejamento, que reduz o consumo de água em até 30%, a manutenção de um ambiente atrativo para as abelhas e o uso correto dos defensivos indicados para o cultivo.

A fertirrigação, que alia irrigação à nutrição das plantas, é recomendada neste sistema produtivo porque o agricultor consegue ter mais eficiência no manejo de água e fertilizantes. A prática garante os nutrientes necessários para a formação adequada dos frutos. Com a técnica, é possível produzir até cinco frutos de alta qualidade por planta. No sistema tradicional, o segundo fruto costuma apresentar qualidade inferior quando comparado ao primeiro fruto, reduzindo, assim, o seu valor comercial.  

“O projeto que seguimos com a Pingo Doce tem dois pilares: qualidade de produto e saudabilidade, que significa obter uma fruta saudável para o consumidor. Estimulamos as boas práticas, o uso de um caderno de campo, que registra o dia a dia da plantação”, explica Diego Araújo Lemos, especialista de produto Melancia da Nunhems® na América do Sul.

O manejo das abelhas também é fundamental para o sucesso da plantação. Para a produção de melancias triploides (com menos sementes) é necessária a utilização de ao menos 30% da lavoura com melancia diploide (com sementes), pois elas disponibilizam pólen viável, essencial para haver polinização. Nos outros 70% da lavoura, o pólen é pouco ou até totalmente indisponível. É a presença expressiva de abelhas nestas áreas que garante a eficiência da polinização das plantas e, consequentemente, uma maior produção.

Todas as práticas no campo devem proporcionar um ambiente sadio para as abelhas e as plantas. O agricultor assume o compromisso de uma lavoura sustentável durante todo o ciclo produtivo.

A rastreabilidade é mais um diferencial para o consumidor, que tem a garantia de origem ao adquirir alimento seguro e que é produzido de forma sustentável. Todo processo produtivo é controlado, da lavoura ao supermercado. A empresa exige rastreabilidade dos agricultores e apoia os demais integrantes da cadeia a realizarem o mesmo. Assim, os participantes do projeto Pingo Doce antecipam-se ao rastreamento obrigatório para melancia a partir de 2020 de acordo com Instrução Normativa do Ministério da Agricultura.

O processo de produção da fruta é resultado de acompanhamento técnico e rigoroso controle de qualidade que resulta no padrão Pingo Doce: melancia com alto valor agregado para agradar aos consumidores mais exigentes.