Cookies help us deliver our services. By using our services, you agree to our use of cookies. Learn more

Brasil
Sustentabilidade

Produtividade na cadeia automotiva sem desperdícios

Die Katalysatoren verlassen nach dem Brennvorgang den Ofen. Dabei wird die Beschichtung, die zum Teil aus Edelmetallen besteht, auf dem Träger getrocknet. In dem Nienburger Werk werden Abgaskatalysatoren für benzin- und dieselbetriebene Fahrzeuge wie Pkws, Lkws, Busse, Bau- und Geländefahrzeuge oder Motorräder produziert.
Abdruck honorarfrei. Copyright by BASF.

The catalysts leave the oven right after the drying process. During this production stage, the slurry, which contains precious metals amongst other ingredients, is dried onto the substrate. At the Nienburg site emissions control catalysts for gasoline- and diesel-powered cars, trucks, buses, motorcycles, construction equipment and other vehicles are produced.
Print free of charge. Copyright by BASF.

A fábrica da BASF localizada em Indaiatuba, no interior de São Paulo, é responsável pela produção de catalisadores automotivos. No local, grandes tanques produzem o slurry, uma espécie de pasta que, aplicada a um elemento cerâmico ou metálico e depois calcificada, forma o produto final, um componente fundamental nos veículos que, instalado dentro do escapamento, é capaz de reduzir em mais de 90% os poluentes produzidos pelos motores à combustão. Para aumentar a produtividade de forma consciente e atender todas as demandas das principais montadoras do país, foi desenvolvido um software capaz de captar informações em tempo real e verificar se há a quantidade ideal de estoque.

Este é o jeito E da BASF, que une produtividade e sustentabilidade. É assim que criamos química para um futuro sustentável e contribuímos para um mundo que ofereça mais qualidade de vida para todos.

“Equipes de trabalho foram criadas com o propósito de atacar os problemas que mais afetavam o todo da cadeia produtiva, utilizando critérios de priorização", afirma Antonio Carlos Cipolli, gerente responsável pelo fábrica de Indaiatuba.

Como funciona a ferramenta?

O software aperfeiçoa o sistema de estoque. "Ele analisa o que estamos vendendo e, ao mesmo tempo, recebendo da produção. Com esse balanço é possível identificar se a empresa está em uma zona segura e adequada de estoque", explica Thiago Augusto Simões, gerente do projeto.

Infográfico_28.jpg

Por meio de um sistema de gestão visual é possível saber a ordem de prioridade a ser seguida e o risco de indisponibilidade de estoque na planta. Acima do esperado, a cor apresentada é a verde. O amarelo mostra uma zona equilibrada e o vermelho indica pouquíssimas quantidades de produto. Em caso de estoque vazio, a cor preta aparece.

Benefícios e resultados

O investimento na fábrica de Indaiatuba é um exemplo dos benefícios da indústria 4.0. Após a implementação prática de todo o planejamento, os resultados vieram: maior produtividade e redução de desperdícios. As torres que produzem slurry se tornaram ainda mais eficientes e aumentaram sua produção de 19% para 47%. O tempo total de produção foi reduzido em 25%, assim como as horas homem de produção. O resultado final foi um aumento de produtividade de 30%.

O envolvimento de todas as áreas e equipes, como Supply Chain, produção e operação, proporcionou ainda mais integração na empresa. Assim, todo esforço levou a BASF a assegurar as demandas dos clientes, suportando o crescimento correspondente da demanda de mercado sem necessidade de investimento em máquinas e infraestrutura.

Pioneira nos estudos sobre emissão de poluentes na década de 70, a BASF criou o catalisador de três vias e recebeu da ONU o Prêmio da Década de 1980 e a Medalha Nacional de Tecnologia pela invenção. Desde que foram inventados, os catalisadores da BASF contribuíram para que carros, motos e caminhões deixassem de lançar no ar mais de um bilhão de toneladas de poluentes como o monóxido de carbono (CO) e óxidos de nitrogênio (NOx).

Para saber mais sobre esse projeto, escreva para thiago.simoes@basf.com e antonio-carlos.cipolli@basf.com