TOP
Brasil
Sustentabilidade

Segurança aos nossos colaboradores

A segurança e a saúde dos nossos colaboradores são prioritárias

Em 2006, estabelecemos regras especiais para a manipulação de nanomateriais em locais de trabalho que revisamos em 2011 e adaptamos ao estado atual do conhecimento. Nos locais de trabalho onde as nanopartículas são manuseadas, realizamos avaliações de risco para identificar potenciais riscos para a saúde. Usamos os resultados para decidir sobre as medidas de proteção necessárias para os funcionários.

A VCI e o Instituto Federal de Segurança e Saúde Ocupacional (BauA) publicaram um guia para a manipulação de nanomateriais que corresponde, em todos os aspectos essenciais, à diretriz da BASF.

 

Técnicas de trabalho especiais para o manuseamento de nanomateriais

No início do desenvolvimento da nanotecnologia, introduzimos medidas para garantir a gestão segura dos nanomateriais. O princípio subjacente à nossa prática de segurança no trabalho é: as emissões de nano-objetos (ou seja, partículas, plaquetas ou fibras) e os seus aglomerados e agregados para o ar nos locais de trabalho devem ser reduzidos ao nível de fundo. Conseguimos isso principalmente empregando tipos de uso e processos de produção operacionais de baixa emissão em sistemas fechados. Já aplicamos tais princípios ao desenvolver processos de produção, e a experiência da BASF em tecnologia de processos permite-nos escalá-los para o nível de produção industrial. Mas a manipulação nem sempre pode ser confinada a sistemas fechados, por exemplo, em operações de preenchimento. Por conseguinte, adaptamos a nossa gestão de Riscos na BASF especificamente para satisfazer os requisitos de manipulação segura dos nanomateriais.

 

Requisitos ainda mais elevados para materiais especiais

Definimos requisitos ainda mais rigorosos para trabalhar em nossos laboratórios com materiais nanoestruturados que, mesmo em concentrações muito baixas, causam graves alterações inflamatórias no trato respiratório. Por exemplo, as áreas relevantes têm de ser estruturalmente separadas, o manuseamento aberto deve ser sempre evitado e, se inevitável, somente possível em postos de trabalho laboratoriais adequados e equipados com instalações de extração de ar. As áreas de trabalho em causa têm de ser monitorizadas regularmente para detecção de contaminação por partículas. Tais requisitos também estão  estabelecidos numa diretriz para os trabalhadores da BASF.  

Hochleistungsdämmstoffe / High-performance foams

Tecnologia de medição mais recente

As áreas de trabalho nas instalações de investigação e produção que manipulam nanomateriais são monitorizadas através de medições de exposição. A nossa unidade de análise interna autorizada utiliza equipamentos de medição de última geração que permitem determinar as contagens de partículas e a distribuição de tamanho das mesmas. Os nossos especialistas em segurança no trabalho, juntamente com os especialistas em toxicologia, utilizam então os resultados para conceber as medidas de proteção necessárias no local de trabalho.

Mantemos um alto nível de qualidade, participando de testes interlaboratoriais. A BASF participa igualmente em vários projetos externos, tais como o projeto da BMBF (Ministério Federal de Educação e Investigação)  NanoGEM e o projeto da UE Nanodevice, onde estão sendo estudadas técnicas de medição inovadoras. Colocamos também a nossa experiência na medição de nanomateriais à disposição de outras partes interessadas em grupos de trabalho externos. Por exemplo, também estivemos envolvidos no desenvolvimento de uma abordagem pragmática na medição da exposição inalada a nanomateriais: Guia da VCI (Associação Alemã de Indústria Química) sobre "Determination and Assessment of Exposure to Nanoscale Aerosols" (Determinação e Avaliação de Exposição à Aerossóis Nanoscópicos).