Cookies help us deliver our services. By using our services, you agree to our use of cookies. Learn more

Brasil
Sustentabilidade

BASF participa de projeto que promove diversidade e geração de valor para grupos minoritários na cadeia de suprimento

A diversidade e a inclusão em todos os processos da cadeia produtiva são valores que a BASF desenvolve e implementa de forma global nas suas operações. Para isso, a companhia foca esforços na elaboração de iniciativas que permitam que essas ações sejam sustentáveis e possam estar integradas com os processos internos.

Visando trazer mais diversidade para a cadeia de suprimentos, fomentando a competitividade, inovação, desenvolvimento e a sustentabilidade de pequenos e médios negócios, desde 2012, a BASF é uma das companhias associadas ao Integrare Centro de Integrações de Negócios.

A associação empresarial, sem fins lucrativos, é especializada na aproximação de micro e pequenas empresas (MPEs) com grandes corporações, que tenham o interesse em se relacionar e promover a diversidade e a inclusão econômica por intermédio da cadeia de suprimentos. Para isso, o Integrare trabalha exclusivamente com fornecedores parceiros que tenham como representantes afrodescendentes, pessoas com deficiência (PcD) e indígenas.

Pontapé inicial

O programa começou a rodar de forma mais efetiva na companhia em 2015, quando houve um processo para entender como incluir a iniciativa na operação e que funcionasse de forma mais orgânica, independentemente da atuação de uma área ou time específico. Em cinco anos, de 2015 a 2019, os negócios realizados pela BASF com fornecedores da rede Integrare já contabilizaram mais de R$ 45 milhões em transações, um crescimento de mais de 200 vezes.

Um dos caminhos para assegurar uma maior diversidade também entre os fornecedores, foi proporcionar mais chances para que eles participassem das concorrências da empresa e, com isso, estivessem mais familiarizados com os processos e entregas necessárias. A meta é que pelo menos um fornecedor da rede Integrare participe das concorrências, proporcionando mais chances para este grupo. O resultado já pode ser percebido, entre 2019 e 2020, o número de fornecedores da rede nos processos cresceu 47%.

“Para garantir a diversidade em todas as etapas é fundamental que possamos dar apoio e assistência para estes fornecedores. Por isso, incluímos como uma das metas ter pelo menos uma empresa do Integrare em nossas concorrências do segmento onde atuam, trazendo a diversidade de forma concreta para a cadeia de fornecedores e aumentando suas chances de realizarem negócios conosco”, destaca Renan Rosauro, gerente sênior de governança em aquisições na BASF.

No período entre 2015 e 2019, 24 fornecedores da rede já fizeram negócios com a BASF. Destes, 53% são companhias geridas por afrodescendentes e 47% por gestores que sejam PcD. As empresas atuam, principalmente, nas áreas de marketing, serviços gráficos, digitalização, transporte e eventos. Um desses exemplos é a MCM Brand Group, do setor de marketing e eventos, que por meio do Integrare trabalha com a companhia desde 2015. 

No primeiro ano, a MCM fechou um pequeno contrato para a realização de eventos da área de Soluções para Agricultura e, hoje, já possui um acordo de cinco anos envolvendo todas as experiências dos clientes da área e de Suvinil, com um crescimento de mais de 49 vezes nos valores dos negócios fechados. 

“O programa é importante, pois possibilita que empresas como a minha possam acessar os processos de concorrência, que já estão no radar das grandes companhias, mas não para os pequenos, chegando a um novo mercado e público”, explica Mônica Schimenes, CEO da MCM Brand Group.

Essa rede, que une grandes organizações e pequenos fornecedores auxilia no desenvolvimento e crescimento de empresas que tenham como idealizadores afrodescendentes, pessoas com deficiência e descendentes indígenas, possibilitando um maior acesso ao mercado. 

“Esses tipos de companhias, historicamente, não possuem fortes relacionamentos comerciais, mas o nosso trabalho coloca a palavra “inclusão” no centro dessa questão”, avalia Umberto Brito, gerente de relacionamento institucional do Integrare. “Outro ganho importante é que nossos pequenos fornecedores se capacitam da forma correta para atender a essas grandes empresas, fortalecendo seus negócios e tornando-os mais competitivos diante da concorrência”.

Efeitos da pandemia da Covid-19

Com a pandemia e consequente retração econômica, os negócios desses parceiros também foram impactados. Para apoiá-los nesse momento, a BASF intensificou os programas de capacitação e apresentação desses grupos dentro da empresa. Foram organizadas rodadas de encontros virtuais para que esses fornecedores tivessem a oportunidade de apresentar seu trabalho a grupos convidados de decisores de compras de diferentes setores. A companhia também realizou um Road Show, em parceria com o Integrare, aberto ao público, em que os participantes puderam ainda participar de treinamentos sobre técnicas de vendas, auxiliando na criação de novos negócios.

Para a Mettagraf, fornecedora do segmento gráfico, esse apoio foi essencial nesse momento. “Nesse período de pandemia, se não fossem os nossos contratos com a BASF, a situação poderia ter ficado bem complicada”, avalia Rodrigo Marques, sócio proprietário da Mettagraf. Há dez anos na rede Integrare, a empresa acredita que um dos grandes diferenciais de fazer parte do projeto é conseguir chegar às grandes companhias. “A iniciativa possibilita que pequenas corporações como a nossa possam mostrar nosso valor, nosso trabalho, pois temos condições de atender empresas de grande porte”, conclui. 

Jeito E 

A parceria com o centro Integrare a fim de conectar empresas de grupos minoritários a grandes instituições mostra o jeito E da BASF, que ressalta a relevância de unir produtividade E sustentabilidade. A união destaca o engajamento da BASF em encontrar alternativas que gerem oportunidades de negócios E combinem ações sociais. Com a iniciativa, a BASF colabora com pequenos empreendedores E gera desenvolvimento empresarial por meio da capacitação E inclusão deles na cadeia econômica. 

A parceria da BASF com o Integrare se aplica em vários Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (Organização das Nações Unidas). Entre elas:

ODS 8: Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos

Por meio da parceria com o Integrare, a BASF contribuiu para o aumento da renda de micro e pequenas empresas, ajudou a promover novos postos de trabalho inclusivos e aumentou a sustentabilidade dentro da cadeia de fornecimento.

ODS 10: Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles

Com a ampliação do diálogo entre micro e pequenas empresas e grandes companhias, foi possível gerar um aumento da competitividade de mercado por meio da ampliação das oportunidades de negócios para grupos de empreendedores pertencentes às minorias.

ODS 17: Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável

A iniciativa tem ajudado a criar relacionamento entre grandes corporações e as minorias, gerando diversidade dentro da cadeia de suprimentos. Além disso, por meio da ação, pequenos empresários têm a oportunidade de realizar capacitações e, com isso, conseguem impulsionar suas capacidades administrativas e gerenciais e integrar a cadeia econômica de abastecimento.